A importância da caminhada para a sua saúde

Tempo de leitura: 6 minutos

A importância da caminhada diária, de forma orientada, promove melhoria de funções respiratórias e cardiovasculares, redução da pressão arterial em repouso, controle da gordura e do peso, além de promover bem-estar psicológico e social

Quando pensamos em iniciar uma atividade física, logo lembramos em atividades de alta intensidade e nos esquecemos que existe uma opção mais simples e barata do que imaginamos: a caminhada.

Sim, a caminhada é uma das mais eficazes opções para deixar o corpo forte, manter o organismo devidamente regulado e promover o bem estar. Inclusive é muito indicada por médicos cardiologistas para ajudar no emagrecimento e na manutenção da saúde do coração e da mente, uma excelente opção para combater e prevenir o stress e a ansiedade.

A caminhada pode ser praticada nas ruas ou na academia, nas esteiras, a depender de sua preferência.

Continue lendo este conteúdo e descubra mais sobre a importância da caminhada para a saúde, seus benefícios e os cuidados necessários para a prática.

Tópicos

Benefícios da caminhada

Já são conhecidos os benefícios da caminhada. De acordo com pesquisas já realizadas, os benefícios são inúmeros, mas destacam-se:

  • redução do inchaço nas pernas e tornozelos;
  • prevenção da obesidade; a perda de gordura;
  • melhorias na circulação sanguínea;
  • melhorias nas funções respiratórias e cardiovasculares
  • fortalecimento dos músculos;
  • melhorias na postura;
  • combate e prevenção do stress e da depressão;
  • prevenção de complicações cardiovasculares como infarto e hipertensão.

Vale lembrar que, para todas as idades, qualquer exercício físico deve ser feito com plena segurança, ou seja, o ideal é passar por uma avaliação médica para verificar qual a melhor opção para a sua prática, bem como os seus limites.

A caminhada e o emagrecimento

Como todo exercício físico, a caminhada promove a queima de calorias, o que, consequentemente, estimula a perda de gordura e o emagrecimento. 

No entanto, para que a caminhada surta um melhor efeito para a queima de calorias, é muito importante andar rápido, tentando manter a velocidade constante.

Um termômetro para que você saiba se está na velocidade correta dentro do seu limite, é a sensação de respiração acelerada e de forma que você não consiga conversar facilmente.

Jamais se acomode. Quando perceber que já se habituou a uma determinada velocidade, aumente gradativamente, sempre observando os seus limites.

Se você conseguir incorporar a caminhada como um hábito diário, ela irá contribuir de forma mais rápida para o emagrecimento e para a tão desejada perda da barriga, podendo-se queimar muitas calorias, de acordo com cada metabolismo. 

A caminhada e a gravidez

Pesquisadores da Universidade de Adelaide, na Austrália, também já constataram que a prática de exercícios físicos moderados na gravidez, como a caminhada, além de beneficiar as mães com as benfeitorias que já citamos, pode ajudar, de forma significativa, a fortalecer saúde dos bebês.

Mas sabemos que quando se trata de saúde, cada pessoa é diferente, ou seja, cada organismo reage e se comporta de uma forma diferente. Por isso, recomendamos que, antes de praticar qualquer exercício físico, a grávida deverá discutir o assunto com seu médico obstetra.

Coma antes de caminhar

A caminhada necessita de uma quantidade de energia para que você a consiga realizar com êxito. Por isso, o ideal é que você se alimente antes de caminhar. Segundo pesquisas, o ideal é a ingestão de uma refeição ligeira, com carboidratos e fruta.

Uma boa opção, por exemplo pode ser pão de cereais e suco de fruta, evitando-se refeições muito volumosas e gordurosas, para que você não se sinta desconfortável.

Alguns cuidados na caminhada

Para tudo na vida, devemos fazer as coisas com atenção e com propósito. Entender a importância da caminhada para a saúde não basta para sair por aí caminhando.

Alguns cuidados são necessários para que você consiga êxito com a atividade e previna problemas de saúde, como lesões, desidratação, insolação, etc. Reunimos 5 principais cuidados que você precisa tomar para começar a caminhar. Confira:

1. Utilizar tênis confortável e roupas leves

Um tênis macio, que amorteça o seu peso é o ideal para evitar dores ou até mesmo lesões. Além disso, roupas leves ajudam na ventilação e alivia o incômodo de roupas pesadas no exercício.

2. Hidrate-se para praticar e durante a atividade

A hidratação é fundamental para o bom funcionamento do organismo durante os exercícios físicos. Com o esforço desprendido, seu corpo perde líquido através do suor, e você precisa repor. Portanto, hidrate-se antes, durante e depois da caminhada.

3. Proteja-se do sol

Já são conhecidos os males que o sol pode provocar à pele do corpo e do rosto. Desta forma, é crucial que, ao sair para caminhar durante o dia, faça o uso de filtros solares para a proteção da pele.

Além disso, procure evitar, também, horários muito quentes, como o período entre 11h e 16h. Uma dica é que você caminhe logo pela manhã, pois poderá trazer mais disposição para o seu dia.

4. Evite ruas movimentadas e seja atencioso

Se for caminhar na rua, fique atento ao movimento do trânsito. Evite acidentes! Se estiver fazendo o uso de fones de ouvidos, a atenção deve ser dobrada.

Além disso, fique atento a locais irregulares, com buracos, para evitar virar o pé, tropeços e outros inconvenientes. Não deixe este momento de busca de saúde se transformar num pesadelo.

5. Alongue-se antes e depois

O alongamento é extremamente importante para ativar a circulação e prevenir as famosas cãibras. Foque em alongamentos básicos como as pernas e os braços.

Conclusão

Esperamos que com este conteúdo você tenha animado a sair do sofá, de casa, entendido a importância da caminhada, e emfim começar a praticar esta simples atividade que possui muitos benefícios para a sua saúde.

Você perceberá que, com o tempo, seu corpo irá se acostumar com os exercícios e logo logo sentirá necessidades de aumentar o ritmo e a continuar com a prática de outros exercícios, como corrida, musculação, ginástica ou mesmo esportes como vôlei, peteca, futebol, entre outros.