Conheça a importância do profissional de educação física na atividade física orientada

Tempo de leitura: 3 minutos

No texto de hoje, da série de posts em comemoração à Semana do Profissional de Educação Física, vamos falar um pouco sobre a importância desses profissionais na atividade física orientada.

Professor da academia orientando uma das alunas

Embora já saibamos relevância da atividade física em nossa vida, é preciso lembrar que, toda a prática de atividade física deve ser feita de forma adequada, ou seja, respeitando os seus limites, o seu biotipo, o seu metabolismo, além de muitos outros fatores.

Assim, nada mais justo que obter informações seguras daquele profissional que dedicou anos de estudo de sua vida para se especializar nesta tarefa: o profissional de educação física.

A importância atividade física orientada

Hoje, é muito comum nos depararmos com pessoas praticando atividade física nas ruas, parques e praias, muitas vezes sem qualquer tipo de orientação.

Por um lado isso é muito bom: significa que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o seu estado de saúde e vêem na atividade física a melhor forma de prevenir problemas e alcançar o bem estar.

Contudo, é muito importante que as pessoas cheguem a um equilíbrio e saibam que praticar atividade física sem orientação e sem ter um conhecimento prévio de seu estado físico pode trazer sérias complicações.

Estamos falando, por exemplo, de lesões, excesso ou falta de intensidade, problemas com a motivação para continuar, e até mesmo a problemas mais graves como alterações fisiológicas e hormonais.

Uma boa estratégia para compreendermos melhor e refletir sobre o assunto seria fazer a nós mesmos, algumas perguntas:

  1. qual a frequência de atividade física ideal de acordo com o meu metabolismo, peso e características físicas?;
  2. na musculação, qual a quantidade de repetições peso inicial e tempo de descanso?;
  3. qual o grupo muscular que eu preciso trabalhar primeiro para alcançar o meu objetivo?;
  4. quais exercícios eu posso praticar para atingir as minhas metas?;
  5. qual é o equilíbrio ideal para que eu consiga praticar sem ter problemas, lesões e outras complicações?;
  6. se eu sentir desconforto na coluna ou determinadas dores, saberei o motivo?
  7. o que eu posso fazer para prevenir esses desconfortos ou para amenizá-los?

Você certamente não conseguiu responder às perguntas que colocamos aqui, não é mesmo? 

É por isso que é fundamental entendermos como é essencial buscar orientações aos profissionais de educação física. 

Os objetivos podem ser os mais variados, mas somente com a correta orientação conseguiremos alcançar nossas metas sem complicações.

Elencamos alguns motivos para que você sempre lembre de não praticar exercícios sem a devida orientação:

  • alto risco de lesões;
  • possibilidade de desvios posturais;
  • alterações nos batimentos do coração;
  • prejuízos hormonais;
  • treinos incorretos e sem a devida eficácia;

Por fim, além da orientação de um profissional de Educação física é importante, também, que você esteja em dia com as visitas ao seu médico.

Conclusão

Depois de divulgarmos diversas razões que atestam a importância desses profissionais em nossas vidas como para as crianças e para o processo de emagrecimento, hoje aprofundamos na importância da orientação.

Vimos que praticar atividade física sem o correto e adequado acompanhamento pode ser extremamente prejudicial à nossa saúde, além de nossa segurança.