Como vencer a preguiça de treinar

Tempo de leitura: 7 minutos

A Minas Fit Academia, de Lavras, pensando em ajudar você a vencer a preguiça de treinar, elaborou este post para com estratégias para atingir suas metas.

Você já se matriculou na academia, frequentou poucos dias e depois parou? Acha difícil encontrar um horário para se deslocar até o local para treinar? Sente preguiça ou acha que não conseguirá atingir o seu objetivo?

Se você respondeu SIM para uma ou mais perguntas que fizemos acima, este post é para você.

Reunimos aqui diversas informações que vão lhe ajudar a acabar de uma vez por todas com a preguiça e a inércia que lhe impede de seguir adiante nos seus treinos

Afinal, o que é a preguiça?

Você provavelmente já deve ter ouvido falar do bichinho simpático com uma carinha serena, conhecido como bicho preguiça.

Ele tem este nome exatamente por causa da sua lentidão, e não é à toa: dormem 14 horas por dia, tem 1 bebê por vez, só fazem necessidades fisiológicas a cada 7 dias e, mesmo assim, perto de casa para não andarem muito.

E você, tem preguiça também?

É comum, às vezes, nos sentirmos assim, querendo apenas ficar em casa deitado vendo Netflix, ainda mais com a correria do dia a dia, as responsabilidades, o trabalho e a faculdade, não é mesmo?

O problema é quando isso se torna uma constância em nossas vidas.

A inércia, a 1ª lei de Newton, afirma que “todo corpo persiste em seu estado de repouso, ou de movimento retilíneo uniforme, a menos que seja compelido a modificar esse estado pela ação de forças impressas sobre ele”.

O que Isaac Newton está nos dizendo é que, para mover um objeto é preciso que exerça sobre ele uma força igual ou superior à sua massa, onde essa massa é a energia inerte.

Na prática, se fizermos uma analogia, é bem isso: todo o gás que precisamos, está ali, porém parado, inerte.

Temos, dentro de nós, todos os elementos necessários para romper o muro da preguiça e da inércia e, assim, colocar nossa vida em movimento.

Mas, para isso, é necessário que tenhamos uma força de vontade maior que a força que nos mantém parados para que possamos modificar o nosso estado.

Então, levantar cedo, sair de casa, comer menos, beber mais água e ir à academia são exatamente os hábitos que precisamos ter para mudar de vida.

Certo, agora que você já sabe de tudo isso, vem a principal questão: como driblar essa dupla (preguiça e inércia) que tanto nos atrapalha?

Como acabar de vez com a preguiça de treinar?

Apesar de já sabermos que existem mais motivos que nos impedem de seguir do que nos impulsiona, a boa notícia é que você só precisa criar um hábito para conseguir mudar essa realidade. mudar sua vida.

Mas, sabemos também que não é tão fácil assim mudar os hábitos. No livro O Poder do Hábito, de Charles Duhigg, o autor retrata bem este momento, e fala da importância da fé no processo de mudança:

“Ter fé no processo, na possibilidade da mudança, é acreditar em si, em algo maior e até mesmo no próprio processo de mudança de hábito. A fé é um recurso que alavanca os hábitos e que traz transformações”.

Vamos lá: essa mudança de hábito consiste em iniciar um conjunto de ações capazes de espantar de vez esse desânimo na hora do treino e que acaba servindo para outros campos da vida. Descubra agora quais são elas!

Durma bem

Mantenha a qualidade do seu sono. Uma noite bem dormida é indispensável para que o seu corpo reponha as energias perdidas no dia e você tenha muito mais disposição no dia seguinte.

Para isso, evite alimentos estimulantes e aparelhos eletrônicos próximo à hora de você dormir. Mantenha o ambiente calmo e propício para o sono.

Crie uma rotina de atividade física

Exercício físico não pode ser uma obrigação, e sim, um compromisso. Assuma esse compromisso com você mesmo e com sua saúde.

Estudos afirmam que a criação de uma nova rotina leva um tempo que pode variar de 21 a 120 dias, para se tornar um hábito.

Portanto, o começo poderá ser muito difícil, mas, se manter o pensamento da sua recompensa estimulado, e acreditar que você pode, será fácil fazer dessa rotina um hábito.

Tenha um parceiro de treino

Se você tem dificuldades em manter-se firme na rotina diária de atividade física, chame um amigo para lhe acompanhar.

Você já sabe que treinar acompanhado pode ser muito mais divertido do que sozinho. Afinal, você acaba dividindo a responsabilidade e os dois saem ganhando.

Mas atenção: treinar junto não é bagunça, ok? Saiba dosar e se concentrar. Respeite as séries, os exercícios, o tempo do seu amigo e, principalmente, outras pessoas próximas a vocês.

Metas? que sejam realistas

A formação de um novo hábito vem das suas investidas em ações com pensamento nas recompensas, certo?

Para que esse processo tenha sucesso, você precisa sentir que está conseguindo avançar.

Desta maneira, defina seus objetivos para que sejam alcançados. Estabeleça metas realistas! Por mais que deseje alcançá-las rápido, tenha em mente que isso não acontece da noite para o dia.

Gaste um tempo com sua playlist

Você gosta de música? Diversos estudos científicos já comprovaram o poder da música de instigar sentimentos e sensações aos praticantes de atividades físicas.

Existem diversos aplicativos que você poderá utilizar no seu Celular para ouvir músicas online, criar playlists e salvá-las para ouvir quando quiser. Dois exemplos que achamos legal é o Spotify e o Deezer.

Separe o que vai usar com antecedência

Se quer acordar cedo no outro dia e não ter mais desculpas para não ir à academia, separe hoje mesmo o que vai utilizar.

Deixe as roupas, o tênis, a garrafa de água e os seus fones de ouvido separados, de modo que você não perca tempo no dia seguinte.

Tenha pequenas recompensas

Quem não gosta de uma boa recompensa, não é mesmo? Grandes coaches como Geronimo Theml já afirmaram que é muito importante se auto recompensar pelas tarefas cumpridas.

Funciona mais ou menos assim: ao cumprir pequenas etapas de suas metas, estabeleça pequenas recompensas. Comemore!

Mas atenção: guarde grandes recompensas e comemorações para conquistas realmente grandes, ok?

Conclusão

Nosso objetivo com este artigo foi mostrar a vocês que é extremamente comum sentir preguiça diante das tantas atividades que temos no dia a dia.

No entanto, ressaltamos o quanto é importante que a consciência sobre esse assunto seja tomada e que você tenha informações para que possa tomar atitudes e iniciar um processo de mudança.

Criar um novo hábito não é uma tarefa fácil. Mas também não é impossível. O que você precisa é criar uma rotina com os pensamentos das recompensas e deixar o cérebro fazer o resto.

Finalizamos o texto com mais um trecho do livro O Poder do Hábito:

“Os hábitos, dizem os cientistas, surgem porque o cérebro está o tempo todo procurando maneiras de poupar esforço. Se deixado por conta própria, o cérebro tentará transformar quase qualquer rotina num hábito, pois os hábitos permitem que nossas mentes desacelerem com mais frequência”.